segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Joe Jonas explica o significado de todas as faixas de ‘Fast Life’

Joe Jonas, em uma recente entrevista, falou sobre o significado de cada faixa de seu novo disco solo, Fast Life. Ouça a entrevista e confira a tradução de tudo o que ele disse sobre cada uma das faixas:
All This Time -
Foi uma música que escrevi com Kevin Cossom e Danja. Essa música é sobre eu estar dizendo a uma garota que eu posso ajudá-la a encontrar o amor novamente. É para as pessoas que não sabem mais amar.. tento mostrar a eles que eles podem confiar, e que podem chegar a um lugar onde o amor é algo que nunca imaginaram.
Just In Love -
É uma música que eu escrevi sobre uma relação que eu estava em um momento da minha vida, onde aconteceram coisas frustrantes e as pessoas tentaram interferir na minha relação. Em um momento onde muitos tentavam nos confundir, mas tudo o que você quer dizer é: ‘Ouça, eu te amo!’. Isso realmente aconteceu comigo e estou feliz em poder compartilhar com o mundo.
See No More -
É sobre o ponto de uma relação onde você está apenas frustrado, e você não para de se lembrar de uma pessoa, mas você não quer mais isso.. e ainda assim, todo lugar que você vai, você vê algo que te lembra essa pessoa.
Love Slayer -
Essa é outra música que escrevi com Kevin Cossom e Danja. É uma música sobre quando você está querendo uma garota em particular, e que todos estão te alertando e dizendo que ela vai roubar seu coração e ir embora. Mas você se atrai por tudo nessa garota.. ela é aquele tipo difícil, e você sabe que faria tudo que pudesse por ela.
Fast Life -
Essa música explica o que tem sido minha vida de uns anos para cá, estar na correria com meus irmãos durante esses 6 anos.. e tem sido uma experiência incrível e muito divertida mas as vezes parece ser bem estressante. Essa faixa em particular é a que me descreve melhor como pessoa.
Make You Mine -
Foi produzida pelo Danja, e eu tive a grande oportunidade de trabalhar com Claude Kelly, que escreveu uma música para o Michael Jackson, a lista dos artistas com quem ele trabalhou é inacreditável, a oportunidade em trabalhar com ele foi demais e nós gravamos essa música em New York, eu me lembro que fomos deixando acontecer e assim surgiu Make You Mine.
Sorry -
Provavelmente é a música mais pessoal na minha opinião, em todo o CD. Rob Knox produziu, e é uma música muito especial para mim, pois eu quebrei o coração de alguém, e me senti horrível com aquela situação. Essa pessoa vocês podem ou não conhecer, eu tinha uma amizade e uma relação muito próxima com essa pessoa e esse foi meu jeito de pedir desculpas.
Kleptomaniac -
Eu me apaixonei por essa música, eu não a escrevi. Se trata de uma garota, e você quer ficar longe dela, e você tenta alertar a todos que ela é uma ‘ladra’ de coração. Mas para mim, particularmente, é sobre alguém que você não pode confiar. É muito divertido de performar essa música ao vivo, e mesmo a letra sendo ‘séria’, acaba se tornando uma música divertida.
Not Right Now -
É muito divertida, eu quis criar uma música com influências do mundo a fora, como por exemplo a América Latina, que é um lugar para onde viajo sempre com meus irmãos. Not Right Now é basicamente sobre: ‘sem brigas’! tipo ‘Just In Love’, eu quero dizer: ‘Hey, eu te amo’. É sobre focar em coisas positivas e ser feliz.
Take It And Run -
Take It And Run foi uma das primeiras músicas que ouvi, do pessoal que produziu pro meu CD. E eles perguntaram ‘O que você acha?’ e eu disse: ‘Oooh, nós precisamos gravar!’. Então Cossom, eu e Danja nos juntamos no estúdio, e fizemos! A música é sobre amor… ninguém pode acabar com nosso amor, pegue e corra!
Lighthouse -
É uma linda música que Chris Brown compôs, e quando eu a ouvi, mexeu muito comigo. É sobre o fim de uma relação que o garoto naquela situação não entende o que está acontecendo, e não entende o porque de tanto ódio e tanta frustração, enquanto na sua cabeça, ele não fez nada de errado, e então aquilo o coloca em uma posição desconfortável.

LTD Jonas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Afiliados